Nosso Blog
Um lugar para os apaixonados por café.
Aqui você encontra a seleção dos melhores grãos do país. Conhece novas histórias emocionantes e seleciona pacotes de cafés especiais super frescos. Uma ponte direto do pequeno produtor até a sua xícara em apenas alguns cliques de distância.
Café da Bruna.
Café da Bruna.

Café especial da Bruna.


Sou Bruna Carolina da silva ,moro na fazenda do baú ,município de fervedouro na ,região das matas de Minas Gerais, no Brasil ,e em 2019 resolvi mudar o modo de produção e vendas visando a qualidade do produto oferecido aos consumidores finais e deixando para o produtor a renda maior desse café .

Café sempre foi a maior renda da minha casa, meu pai desde 2010 faz café bebida dura, o famoso commodity, mas no final de 2018 surgiu a ideia de fazermos um café com mais qualidade e ver se com esse café poderíamos desenvolver melhor o nosso potencial cafeeiro aqui na região fazendo esse de maneira cada vez mais sustentável no seu sistema de produção ,nos termos ambientais ,econômicos e sociais .Sendo este ocorrido êxito .

Em 2019 em março começamos a pesquisar o local para fazer o terreiro suspenso, tivemos um apoio da Emater para orientar e mostrar outros terreiros .Em abril mais precisamente em 08 de abril de 2019 começamos a construção do terreiro suspenso, dois terreiros de 15 metros cada um ,a 1metro de 40centimentros do chão para ficar mais fácil catar o café verde esse café também não receber umidade ,chuva, sereno. Sabiamos que o desafio seria grande devido a florada que foi desigual então teríamos cafés verdes ,maduros e secos tudo na mesma planta dificultando assim a colheita ,optamos pela colheita seletiva de uma parte da lavoura ,essa colheita e basicamente onde se escolhe só os grãos maduros e secos e deixando na lavoura os grãos verdes ,após um período de maturação desse grão retornamos e colhemos ele no momento certo. Sacos de filbra também para colocar esse café foram limpos. Após a colheita ficou em local fresco na lavoura ate ser levado para o terreiro lá foi lavado em uma caixa de agua onde os cafés secos e com defeitos boiam, e os maduro e alguns verdes descem, assim fazendo a segunda seleção desses grãos ,após essa lavagem ele e colocado no terreiro suspenso e espalhado para secar essa agua, após esse café começar a secar uns três dias de sol ele e tampado a tarde para evitar chuvas e o sereno. Rodado de meia em meia hora ,para melhor secagem, ele e catado pela segunda vez por mim Bruna ,Sonia minha mãe e Maria Betania minha irmã que me ajudam ,meu pai Celio fica mais responsável pela colheita assim como eu e minha mãe que após catar no terreiro suspenso vamos para roça, e colhemos e depois lavamos esse café. Após esse café chegar aos 14 graus de umidade esse café e colocado na lona para acabar de chegar no grau ideal que e de mais ou menos 12 a 11 graus de umidade, assim liberando o terreiro para mais um lote de café maduro .

Logo após a secagem esse café precisa ser armazenado em um paio o daqui e alto do chão ,foi colocado palites e longe das paredes ,em um local seco livre de umidade ,coloquei uma lona em baixo onde envolvi essas sacas de café dentro para evitar umidade , esse café passou por concursos do Emater Prefeitura de fervedouro onde atestaram que ele deu 82,25 pontos pela escala BSCA de classificação ,Após limpo café e colocado em sacos de plástico chamados G PRO ,onde evita que ele pegue umidade, ae vem a terceira cata desse café que e feita por mim Bruna onde seleciono só os cafés tipo exportação peneira 16 a cima e faço a seleção desses grãos deixando apenas grãos uniformes e sem defeitos ,depois e torrado e moído colocado em sacolas com uma válvula para manter o cheiro e sabor do café .E assim vendido ao consumidor final.